Site Oficial da Associação
CARLO ACUTIS
e da Causa de Beatificação do Venerável Servo de Deus, Carlo Acutis
"Estar sempre  
 com Jesus,
 este é o meu 
 projeto de vida"

Biografia de Carlo Acutis

Carlo Acutis morreu com apenas 15 anos devido a uma leucemia fulminante, e deixou na memória de todos aqueles que o conheceram um grande vazio e uma profunda admiração por seu breve, mas intenso, testemunho de vida verdadeiramente cristã. Desde que recebeu sua Primeira Comunhão, aos 7 anos, nunca mais faltou ao seu compromisso diário com a Santa Missa. Sempre buscava, antes ou depois da celebração eucarística, ficar em frente ao tabernáculo para adorar o Senhor, realmente presente no Santíssimo Sacramento. Nossa Senhora era sua grande confidente e ele nunca deixou de homenageá-la, recitando diariamente o Santo Rosário. A modernidade e a atualidade de Carlo são perfeitamente compatíveis com sua profunda vida eucarística e sua devoção mariana, que contribuíram para fazer com que ele fosse aquele rapaz especial que todos admiravam e amavam.

Para citar as próprias palavras de Carlo: "Nossa meta deve ser o infinito, não o finito. O infinito é nossa Pátria. Sempre nos esperam no Céu". É sua a frase: " Todos nascem como originais, mas morrem como fotocópias." Para seguir na direção desta Meta e não "morrer como fotocópia" Carlo dizia que nossa Bússola deve ser a Palavra de Deus, com a qual devemos lidar constantemente. Mas para uma Meta como esta são precisos Meios muito especiais: os Sacramentos e a oração. Carlo colocava especialmente o Sacramento da Eucaristia como parte central de sua vida, o qual chamava de "minha autoestrada para o céu."

Carlo era muito dotado para tudo aquilo que estava ligado a tecnologia, tanto que seus amigos e os adultos formados em engenharia da computação o consideravam um gênio. Todos ficavam maravilhados com sua capacidade de entender os segredos que a tecnologia esconde e que normalmente estão acessíveis apelas àqueles que concluíram a faculdade. Os interesses de Carlo variavam entre a programação de computadores, a montagem de filmes, a criação de websites, as revistas em quadrinhos das quais fazia também a redação e o Layout, até chegar ao voluntariado com os mais necessitados, com crianças e idosos.

Resumindo, este jovem fiel da Diocese de Milão era um mistério que, antes de morrer, foi capaz de oferecer seus sofrimentos ao Papa e à Igreja.